Monthly Archives: maio 2008

WALL-E VIVE!

http://www.vimeo.com/1014358

Santo Alpha Trion, é possível!

Parece que esse animatronic será usado em uma nova atração dos parques Disney na Califórnia.

Magia. Pura magia.

PS.: E não, Bruno, ele não lembra aquele lixo do E.T. Ele lembra o fenomenal Johnny 5. :-D

SPEED RACER: a injustiça do ano

Eu já havia dito antes que esse filme seria legal. E foi muito mais divertido do que eu esperava! E olha que minha expectativa já era alta… :-D

Mas eu não consigo entender porquê raios o filme foi tão mal de bilheteria tanto nos EUA quanto aqui no Brasil. Tudo bem, eu concordo com muitas críticas de que o filme é longo (2 horas e 15 minutos, para ser mais exato), mas isso não tira em nada a força da película.

Eis minhas considerações:
- Como eu já disse, eu nunca gostei do desenho. O pouco que vi até hoje não me agradou em nada; muito pelo contrário, me vez pegar nojo. Então das duas, uma: ou os irmãos Wachowski deram alma a um desenho péssimo e vazio, ou então eles são tão fãs da série criada por Tatsuo Yoshida que pegaram tudo o que o desenho tinha de melhor e esfregaram na minha cara, do tipo “viu como esse desenho tem coisas bacanas?”.

- Os primeiros 20 minutos de filme – que conta a história dos personagens, principalmente a que apresenta a paixão do Speed Racer pelas corridas (onde o tema do desenho entra com tudo) – são simplesmente geniais.

- O Gorducho (Paulie Litt) e o macaco Zequinha simplesmente roubam todas as cenas em que aparecem. O humor está simplesmente ótimo!

- Palmas para Susan Sarandon e para John Goodman, que interpretam os pais do Speed (tudo bem que ele está muito gordo, mas Goodman seria minha escolha para interpretar o Hagar, se por acaso um filme do jogo Final Fight, da Capcom, fosse lançado. Veja o filme e você entenderá o porquê. ^_^).

- Corredor X (Matthew Fox) rules!

- A Christina Ricci nem fede nem cheira como Trixie. Mas é a Christina Ricci, então beleza. :-)

- A direção de arte é um exagero de cores que chega a doer. Mas é um universo totalmente novo, como eu nunca vi em nenhum outro filme. Se você já assistiu o filme Peixe Grande ou a série de tv Pushing Daisies e acha aquele visual colorido é porque você ainda não viu Speed Racer.

- E para finalizar, as corridas: se você achou a briga final dos robôs no filme dos Transformers confusa, é porquê você ainda não viu os pegas em Speed Racer. E sim, as corridas lembram Hot Wheels (como eu disse no post anterior) e ainda Super Mario Kart (a última corrida lembra a última pista da Star Cup, pelo menos) e F-Zero. Eita. Mas são emocionantes pacas, isso eu posso garantir.

- Ah, sim: Wachowski são criadores. Michael Bay, não. But he demands things to be AWESOME! :-D

Resumindo: se você ainda não viu, levante a bunda e vá correndo ver! :-)

HOMEM DE FERRO: pura diversão

Fui ver o tão falado filme do Homem de Ferro na sexta-feira passada, e concordo com a maioria: o filme é divertidíssimo. Roteiro didático, direto ao ponto mas com ótimas sacadas de humor e sequências de ação; uma atuação deliciosa do Robert Downey, Jr., no papel de sua vida; efeitos especiais muito bacanas; e aquela sequência maravilhosa depois dos créditos (na sessão que eu fui, NINGUÉM ficou no cinema além de mim, então pude surtar feito um abobado) fizeram do filme pura festa. O diretor Jon Favreau já virou o novo ídolo dos nerds, sem dúvida. :-)

Mas não, esse não é o melhor filme da Marvel. Esse posto é ainda do Homem-Aranha 2.

De volta à “Novas Oportunidades Ltda.”

Pois é. Falei duas semanas e, vejam só, deu duas semanas certinho. Estou de volta. :-)

Então, sabe aquele “novo desafio profissional” que eu disse no post anterior? Acabou. Foram 15 dias infernais, e não havia condições de continuar, simplesmente não havia, pelo menos não para mim. O perfil que estavam procurando é outro. E eu devia ter notado que quando a esmola é demais, até o santo desconfia.  Mas até das piores situações se tira algo de bom, como uma lição bem aprendida, uma teoria colocada em prática e que mostra ser exatamente o que você achava, ou conhecer ótimos profissionais. Além disso, cheguei a três conclusões:

- Gente mal-educada e desequilibrada pode até ter razão, mas continua sendo mal-educada e desequilibrada. E me questiono como esse tipo de pessoa ainda consegue emprego em empresas de renome internacional.
- Eu gerencio projetos (eu tento, pelo menos). Isso não significa que eu faça milagres ou que eu seja um salvador da pátria.
- Não estou mais em clima de start-up. Como sabiamente disse meu tio, “se você tem oito horas de trabalho por dia e não consegue realizá-lo nesse período, ou você é incompetente ou seu chefe é incompetente” (às vezes são os dois).

Com certeza estou mais calejado. Agora é agradecer pela oportunidade e seguir em frente. :-)

O porquê da falta de atualizações

A imagem acima descreve o porquê. Sabe aquela história de “novos desafios profissionais”? Pois é. :-)

As coisas vão ficar assim pelas próximas duas semanas. As coisas estão BEM corridas, meu acesso ao Animartini vai ficar bem complicado. Por isso, agüentem firme.

Eu volto. :-D