Posts in Category: Meus rabiscos

Back to Basics

Então, sabe quando você sabe onde quer chegar e conhece a estrada que leva até lá tomar, mas aí você começa a inventar atalhos, fica parando em todas as lojas de conveniência que aparecem para encher a pança de coxinha e Coca-cola, experimenta todas as rotas diferentes por pura curiosidade ou porque parecem mais fáceis… aí você nota que desviou da estrada, e começa a pensar em idéias mirabolantes para tentar voltar mas cada idéia se mostra pior que a outra, e vai ficando cada vez mais longe do objetivo?

E depois de muito calejar os pés, finalmente cai a ficha de que não tem jeito, que você terá que voltar até o início e recomeçar?

Então, hoje eu voltei ao início. E daqui a algumas horas, recomeço. Só espero não cair na tentação dos atalhos e dos tentadores caminhos feitos com tijolos de ouro. Mas vou continuar parando para a velha e boa coxinha com Coca-cola, só que bem menos dessa vez. Afinal, também sou filho de Primus.

Dedo no botão de reset e vamo que vamo! :-)

Ontem, só hoje

Nada de rabiscos ontem, personas.

É a vida.

Mas não estou morto. Isto é, mais desenhos de péssima qualidade hoje, com certeza.

Caricatura não é para aqueles de coração fraco

Caricatura de Leandro Fernandes, o Zarko
Clique na imagem para ver maior

Recebi um pedido (na verdade, tava mais para ordem) do Leandro Fernandes, mundialmente conhecido como Zarko, após ver o desenho que postei ontem (na verdade, antes de ontem, já que estamos nos primeiros minutos do dia 10).

Adiantou ele ler que o desenho não era meu? Ou eu repetir isso incessantemente? Necas.

De qualquer maneira, aproveitei para ver como estava meu conhecimento de caricatura. Eu achava que tinha zero, zip, nada. E descobri que na verdade estou devendo. :-( E fui fazer justo a dele, que o próprio Victor Risada (o dono do desenho anterior) disse ser um dos mais difíceis. O dele e o da Francine “Srta. Ni” Guilen , a mais famosa celebridade da internet (atrás apenas da Marimoon, claro).

Rabiscos vão e vem… e deu nisso aí em cima, incluindo a foto que usei de referência. Lixo. Desculpae, seu Zarko, não rolou.

Bora prá próxima.

PS.: A imagem do Leandro foi feita por alguém da família da amigona Juliana Apolo, segundo o próprio Leandro. Me corrijam se eu estiver errado, ok? :-)

Um milagre chamado Illustrator

Desenhos de Victor Freundt, arte-final de Paulo Martini
Clique na imagem para ver maior

Tá, tudo bem que o título entrega, mas também nem estava a fim de ficar de redondilhas. Hoje decidi mostrar um trabalho onde fui responsável pela arte final. Ou você realmente achou que eu tinha acertado o traço em apenas 1 dia? Ah, vá… :-D

O desenho – uma caricatura fiel do excelentíssimo Bruno “Benício” Fernandes, o mais emotivo e violento (?) colaborador do falecido site A ARCA – foi feito pelo Victor “Risada” Freundt, que também foi responsável pelas caricaturas dos Arqueiros na época. Bruno queria um novo desenho para adornar seu mais novo trabalho, o blog POPulacho!, e o Victor foi lá rabiscar.

Como o desenho foi feito utilizando aquelas ferramentas arcaicas conhecidas como lápis e papel e a passagem para o digital ficou bem tosca – veja o original clicando aqui – Bruno pediu para que eu fizesse a arte-final. Acabei aceitando pois também queria testar meus parcos conhecimentos em Illustrator. Pessoalmente achei que ficou bem legal. :-)

Arte-final aprovada pelo adorador dos irmãos Coen, a imagem já está disponível no blog do indivíduo, é só acessar: populacho.wordpress.com. Aproveitem e peçam para que ele atualize aquela joça, ok? Valeu. :-)

Ah, o Victor Risada também tem seu próprio blog (cacete, que mania é essa de ter blog, hein? Bando de maria-vai-com-as-outras, viu?), o 5 Minutos: cincomin.blogspot.com. Lá ele publica regularmente diversos trabalhos. Quem é fã de quadrinhos de terror e de piadas envolvendo genitálias e atos sexuais é um prato cheio. :-D

O primeiro furo

Coringa da série Batman Animated
Clique na imagem para ver maior

Pois é, aconteceu o primeiro furo da promessa. Não consegui entregar o desenho desse domingo, dia 06 de abril. Reunião familiar/profissional. Nada muito tenso, mas importante. Mas o que realmente importa é seguir em frente, e não parar para chorar as pitangas. Vambora!

Seja como for, estamos no dia 07, e eis mais um rabisco. Olhei minha prateleira e vi o ótimo livro Batman Animated, escrito por Paul Dini e Chip Kidd (recomendo muito mesmo a aquisição desse livro, é de cair o queixo!), e decidi me “inspirar” (isto é, dar aquela copiada bacana) nos espetaculares desenhos de produção da série animada do morcegão. Aabei encontrando esse desenho do Coringa, habilmente desenhado por Bruce Timm e Ronaldo Del Carmen, de um dos storyboards da série.

É, ficou bem tosco. Não o desenho de Timm e Del Carmen, mas o meu.

Na verdade, o que mais tem me deixado frustrado nesse processo de desenho é notar que meu traço está uma porcaria. Eu não consigo fazer um traço contínuo sem que a linha fique toda tremida. Aí eu acabo indo no vício de rabiscar várias vezes em cima do mesmo traço. Tenho tentado evitar isso, sempre volto atrás quando começo a fazer assim, mas aí o traço sai meio bamba.

Não tem jeito, tenho que praticar mais, com a tablet e sem ela. Nos próximos dias eu começarei a publicar desenhos feitos em papel e escaneados. Vamos ver a diferença…

Uma leve melhora

Bumblebee Animated, por Paulo Martini
Clique no amarelinho para vê-lo maior

Não sei dizer, mas hoje senti que estava dominando um pouco melhor essa tablet maledeta. :-)

Tinha acabado de baixar o novo episódio de Transformers Animated, quando me veio: “putz, acho que seria legal desenhar o Bumblebee”. Quem leu meu primeiro post sabe o quanto achei bacana esse novo visual do antigo fuqueta-robô.

Fiquei tão empolgado  que acabei até colorindo o bichinho. Depois de ver o resultado final, cheguei a duas conclusões :
1- Preciso aprender um pouco mais sobre sombras;
2- Os pés e as pernas dele ficaram… um tanto tortos, não?

Bom, é isso. Vou dormir que já tô babando no teclado. Amanhã tem mais. :-)

O desenho de hoje vai demorar um pouquinho…

… mas serão apenas alguns minutos. Como os americanos dizem, “I’m in the zone”. :-)

Não será uma obra-prima, mas estou gostando de como está saindo, por isso estou dando mais atenção ao acabamento. :-)

Aguardem e verão. :-)

Frustração

Frustração
Clique na imagem para se sentir frustrado – e um pouco blasé – também

Trabalho, teu nome é frustração. Caramba, tô pior do que eu imaginava…

Pelo menos tenho meus fiéis leitores para dividir essa sensação.

PS.: Peraí, como assim ninguém visita essa joça?

Crap.

Por pouco, muito pouco…


Clique na imagem para ver maior

Quase quase eu transformo o post anterior em mais um 1o. de abril. Crap. Hoje foi um daqueles dias; parece que é só fazer promessa que a vida – sempre ela – arranja uma maneira para complicar tudo. No pain, no gain, right? Tinha planos para desenvolver outro desenho, aí a idéia acabou indo pelo ralo, o tempo foi passando, outras coisas apareceram para eu fazer, e deu nisso. Dessa vez, deixei os rabiscos em azul para ter uma idéia do trabalho, e só finalizei dois desses rabiscos. Até que gostei do resultado final do cantor (que seria um político no começo), mas o moleque no microfone tá de doer. E esses pés a la Turma da Mônica, hein?

Sei lá, estava num momento meio caricatural, meio George Gershwin… deu para perceber? :-D Eu devia aprender é a não macular o nome de um artista como Gershwin com esses garranchos. Deixa estar.

Bom, mas o segundo desenho saiu. Vamos ver se amanhã eu estou mais inspirado.

É isso.

PS.: Cacetada, desenhar usando tablet é um inferno, meu… mas hei de aprender! Como diria Freakazoid, EU TENHO QUE VENCER! :-)