Posts Tagged: otto guerra

AnimaEdu, curso de formação de animadores a distância, entra em nova fase!

Recebi o release abaixo e achei legal divulgar. Não sabia que já havia uma proposta de cursos de animação online à distância no Brasil, e fiquei feliz de saber que os aspirantes a animadores já contam com mais uma possibilidade de aprenderem tudo sobre animação. Me lembrou bastante a proposta da Animation Mentor estadunidense. E eu acredito que nomes como Otto Guerra e Marta Machado, ambos na coordenadoria geral do curso, trazem bastante seriedade e experiência ao projeto. Obrigado à Tatiana Amorim pelas informações.

Voltado para formação de mão-de-obra para a crescente indústria de animação brasileira, o projeto, que foi criado pela Otto Desenhos Animados e teve patrocínio inicial da Infraero, conta agora com novo sistema de seleção de alunos e passa a cobrar taxa de manutenção.

A primeira turma do projeto funcionou de maneira experimental, com alunos selecionados a partir do pré-cadastro no site e de seu potencial talento para animação. Partindo de um universo de mais de 6mil interessados de todos os cantos do Brasil, o primeiro grupo foi formado por 25 alunos que começou o curso em Novembro de 2009 e concluiu em abril de 2010.

Após essa primeira experiência, o projeto passou por alguns ajustes e, a partir da segunda edição o curso está aberto para o público em geral – que tenha noções básicas de desenho. Os interessados devem preencher o pré-cadastro para posterior contato de nossa equipe de apoio para ingresso no processo de seleção. “A idéia é que a entrada funcione em fluxo contínuo, uma vez que a tutoria é individual e, por isso, não temos o conceito de turmas”, afirma a coordenadora geral do projeto Marta Machado. O processo de seleção sofreu alterações, o que o tornou mais demorado, porém mais efetivo. O aluno deve agora realizar dois módulos (00 e 01) antes de efetivar sua matrícula, e, a partir de seu desempenho nessa etapa, será recomendado ou não a ingressar no curso. “Por incrível que pareça, no sistema anterior de seleção, muita gente mandava desenhos que não eram seus. No decorrer dos módulos o tutor percebia que o aluno estava bem aquém do esperado. Outro problema que tivemos foi o fato de vários alunos não concluírem o processo de formação. Eles simplesmente se desinteressavam do curso. Creio que isso tinha a ver com os casos de uso de desenhos que não eram próprios no processo de seleção e que depois tornavam o nível de demanda muito alta para esses candidatos, mas também com o fato de ser de graça. As pessoas acham que o que é de graça não tem valor”, comenta Marta. Segundo Otto Guerra, sócio da Otto Desenhos Animados, criador do curso e também um dos tutores a distância, o objetivo é que “o AnimaEdu se torne um portal de referência em formação de animadores brasileiros, por isso temos um cuidado grande na seleção dos melhores potenciais para ingresso no curso”. Num segundo momento do projeto, o site deverá ter uma seção de webfólio para que os ex-alunos possam expor seus trabalhos realizados durante o curso ou fora dele e que os mesmos possam ser vistos por outros estúdios para contratação de trabalho.

Os alunos do AnimaEdu têm acesso a um ambiente restrito no qual podem estudar o material didático, enviar exercícios para seus tutores e interagir com outros usuários do sistema, através de troca de mensagens pelo sistema interno. Para quem quiser conhecer o funcionamento do sistema, há um tutorial disponível no vimeo http://www.vimeo.com/14147373.

O curso básico de animação é dividido em módulos que abordam aspectos do desenho de observação e da animação. Na seção Estude Conosco / Pergunta-Resposta do site www.animaedu.com.br há o detalhamento do tema de cada módulo. A partir do estudo desse material, o aluno realiza os exercícios e os envia a seu tutor, que avalia o nível de aprendizagem, retornando comentários através do sistema.

O contato aluno-tutor é possível durante todo o curso, através da página de Recados e das correções dos exercícios. Além disso, supervisionando o trabalho dos tutores há os coordenadores, que são responsáveis por acompanhar o bom andamento das atividades propostas.

Para a realização dos exercícios dos módulos de animação, as ferramentas a serem utilizadas são o software livre Pencil 2D, que é disponibilizado gratuitamente no site: www.pencil-animation.org, um scanner para digitalização dos exercícios dos primeiros módulos e um tablet, que é uma interface digital para desenho, sem a necessidade do uso do papel. A instalação do programa e do tablet é bastante simples. Para os alunos selecionados, nas seções restritas, há manuais específicos para isso.

Duração estimada do curso: 4 meses
Custo: R$ 800,00 a vista ou R$ 850,00 + taxas do cartão no parcelamento através do PagSeguro (em até 12x).
Mais informações:
http://www.animaedu.com.br/estude.asp?id=10

Contato para mais informações:
animaedu@ottodesenhos.com.br

Alguém que lê o Animartini já teve a chance de participar? O que achou? Deixe sua opinião nos comentários! :-)

DOSSIÊ RÊ BORDOSA: stop-motion nacional no Anima Mundi

Um jovem Angeli conversa com Rê Bordosa

Descobri essa sem querer, através do Blog dos Quadrinhos: parece que o universo de personagens do cartunista porra-lôca Angeli continua dando muito pano prá manga para animações. Depois de Wood & Stock – Sexo, Orégano e Rock´n Roll, de Otto Guerra, e dos curtinhas que passaram na Cartoon Network há um tempo, a bola da vez é o curta Dossiê Rê Bordosa, desenvolvido pela Coala Filmes.

Com direção de César Cabral e roteiro de Carla Gallo e do próprio Cabral, “Dossiê Rê Bordosa” é um “mockumentary”, isto é, um documentário falso, que tenta explicar as razões de Angeli por trás da morte da sua mais famosa personagem, a Rê Bordosa, em 1987. E tudo na base do stop-motion, veja você. :-D

No site oficial da produção há galeria de imagens, dois trailers e mais informações sobre o curta, que ganhou dois prêmios no 1o. Festival de Paulínia (melhor curta pelo júri oficial e pela crítica) e que já está passando no Anima Mundi do Rio e tem exibição garantida no de São Paulo. Para saber mais sobre os dias e horário das exibições, visite o site oficial do evento.

Gostei bastante do que vi nos trailers. O visual maluco dos desenhos do Angeli caiu como uma luva em stop-motion. Como só conseguirei ver duas ou três sessões do Anima Mundi desse ano, já me programei para ver “Dossiê Rê Bordosa”, e podem ter certeza que depois eu comento por aqui. :-)

UPDATE: peço desculpas ao Leandro Maciel, pois não citei seu nome como um dos roteiristas do curta. Erro consertado :-) .